Ela se sente invisível no meio das outras, mas quer ser a pessoa especial que o fará dizer sim no altar

Eram umas nove da manhã, mas ela não queria acordar. Pela primeira vez havia sonhado com ele e a pior parte do sonho foi seu final, pois ela não queria que tivesse terminado. Queria que pudesse continuar assim até se tornar realidade e tê-lo finalmente em seus braços, mas a vida não é uma fábrica de realização de desejos como já disse certo escritor. Então teria que se levantar da cama e encarar o lado vazio, olhar para o teto e desejar que ele se abrisse para poder voar para junto dele, e de lá pega-lo para irem até o lugar mais isolado do mundo só para ficarem a sós.

Ela havia sonhado que estava com ele em sua casa, que a mãe dele havia a adorado e que tinham se dado muito bem. Ele era do tipo atencioso e gostava das bobagens que ela dizia porque adorava rir. Ele não era muito engraçado, mas gostava do fato dela ser. Ele era mais sério, se soltava só quando pegava seu violão e cantava suas músicas preferidas até sua garganta ficar roca. E ela o queria assim todos os dias, ela querendo lhe dar atenção, aos poucos se esforçando para vencer a sua resistência e tê-lo por inteiro no dia que ele dissesse sim no altar.

Lá em seu sonho ele estava do mesmo jeito como desde a última vez que o havia visto. Com a pele pálida como se ele morasse num lugar onde o Sol não existia, os lábios levemente avermelhados, os olhos cintilantes como cristais, o sorriso mais encantador desse mundo e uma barba rala começando a crescer até que ele a tirasse, por mais que ela insistisse que o queria ver barbudo um dia desses. Ele era só seu, sem aquelas milhares de meninas correndo atrás, todas querendo um pedaço dele para si, lutando para ter seu olhar sobre elas, mostrando seus lados mais inteligentes e maquiados para ver se ele as notava.

Mas no sonho ela não sentia ciúmes dele porque lá só existia ela e ele, além de alguns parentes e amigos talvez, mas nada de meninas indo atrás dele e essa foi umas melhores partes do sonho, sem dúvida. Pois ela ser um ser ciumento desde que veio ao mundo, não gostava dessa ideia de ter de dividir suas coisas, uma atitude egoísta quando se tratava de objetos, mas em questão de pessoas ela não via egoísmo e sim só vontade de proteger o que era seu. Porque sabia que não era a rainha das qualidades e belezas, tinha medo de ser deixada de lado por alguém melhor, então por isso lutava tanto para ser a única e sem nenhuma concorrência.

Porém na realidade é diferente. Ele a vê apenas como mais uma, ele não a enxerga, nunca a percebe. Ela é uma garota comum que diz algo inteligente como as outras só para ter dele um minuto de atenção. Ela sabe que isso é uma burrice sem tamanho, mas ela não consegue evitar, quando se dá conta ela já disse algo engraçado para ele rir e jogou sobre ele seu maior sorriso, e ele com toda educação retribui e rir sem jeito, então aquilo a corta por dentro, mas logo ela se floresce quando ele diz: “Só você mesmo para me fazer rir de uma loucura dessas”.

No entanto, uma “loucura dessas” não é o suficiente para ter seu coração. Não é com piadas e sorrisos que irá conquista-lo. E isso é o que mais dói. É tão injusto, tão sem sentido. Logo eles que tem tudo em comum, gostam dos mesmos livros, assistem aos mesmos seriados, vão aos mesmos lugares nos finais de semana, tem a mesma fé em Deus e O buscam todos os dias. Só que ele é mais carinhoso, ela é mais fria, ele diz que ama todo mundo e isso é comum, ela só disse “te amo” uma vez e até se arrependeu. Ele ama tirar fotos, ela gosta de se esconder atrás das câmeras, pois ele gosta de aparecer, já ela prefere as sombras. Mas ambos são mais caseiros, preferem ficar em casa com a família, dão valor ás noites que vão á igreja e oram todos os dias pedindo a Deus alguém especial para amar.

Então os olhos dela se enchem e tem uma vontade absurda de chorar. Não pode suportar isso, não aguenta sentir tudo isso e não fazer nenhuma diferença na vida dele. Ela o quer, mas não pode dizer isso senão irá assusta-lo, pois ela já ouviu tantas reclamações dele por causa das moças que só o querem e ficam se oferecendo. Ela não quer ser vista como uma qualquer, ela quer ser a pessoa importante que passará a vida inteira ao lado dele tanto na saúde quanto na doença, na prosperidade e na escassez, no dia ensolarado e na nevasca, na tristeza e na felicidade, nas brigas e nas noites de amor.

E acordar foi como um tapa na sua cara, a vida dizendo que ela não pode ter quem quer porque não é assim que as coisas funcionam. Que ela não é o bastante para ele e talvez nunca será, porque há uma fila das mulheres mais lindas desse mundo que também veem o seu valor, sabem o quanto ele é único e incrível, que também sonham com essa chance de tê-lo para sempre. Por isso ela resolveu cuidar de si mesma, acha que vai dar um tempo e se afastar até que seu coração se cure. Irá dizer ao seu reflexo que ela se ama e que não precisa rastejar atrás de ninguém. Que Deus tem alguém para ela e só para ela, a pessoa que irá ama-la e leva-la ao altar, e naquele dia ela irá perceber a razão de não ter dado certo antes. Mas que antes de ser um par com alguém irá ser uma com Deus e se relacionar com Ele que a ama, respeita e a tornará alguém melhor.

Escrito por: Tatielle Katluryn

Leia mais textos assim no blog da autora www.elajafoiverao.gq
Quer conversar sobre algo que sentiu em relação ao texto? Desabafar, pedir ajuda, oração, receber conselhos? Só entrar em contato pelo blog. Ou pelo e-mail katluryn@proseandopoesia.com.br e Instagram @elajafoiv3rao

Comentários

comentários

Eu não lamento por te deixar
Textos
0 shares3 views
Textos
0 shares3 views

Eu não lamento por te deixar

Alfredo Barbosa - jun 27, 2017

Assim como qualquer mulher jovem, tenho padrões, padrões muito elevados. Jamais me lamentei por isso, principalmente quando você pensa que…

Se você se sentir caindo aos pedaços, leia isso
Textos
0 shares2 views
Textos
0 shares2 views

Se você se sentir caindo aos pedaços, leia isso

Alfredo Barbosa - jun 27, 2017

Acredite, não que o mundo seja cruel ou esteja implicando com alguém, as pessoas que acham assim. Eu entendo, está deprimido, triste…

Sobre o amor nos dias de hoje: É mais fácil descartar do que reacender.
Textos
0 shares7 views
Textos
0 shares7 views

Sobre o amor nos dias de hoje: É mais fácil descartar do que reacender.

Thamilly Rozendo - jun 26, 2017

Recentemente o meu celular deu um problema e eu resolvi levá-lo a assistência. Depois de alguns dias tive o retorno…