Dentro de si ela se escondia do mundo

O mundo girava e a deixava tonta. As coisas não costumavam dar certo, os planos se tornavam fracassos ao passo que o mar levantava uma tempestade e quase a afogava. Ela não gostaria de se sentir tão a mercê de tudo, sempre com medo do futuro e fazendo do passado o seu agora. Apenas queria um dia tranquilo para se abrigar numa sombra e deixar os pensamentos correrem soltos. Mas para ela nada era fácil, nunca foi. Era sozinha demais, fechada demais, invisível demais. Chorava demais, ria de menos, ficava desanimada com qualquer problema que aparecesse pelo caminho.

Todos diziam para ela ser mais forte e não desistir assim tão fácil do que queria, mas ela via uma pedra e enxergava nela uma enorme montanha. Pessimista demais, covarde demais, triste demais. Sua estima dizia para ela se olhar no espelho e enumerar seus defeitos, sua voz falhava sempre em momentos que precisavam de sua opinião. Ela tinha dentro de si um amor que nunca chegou a dar a alguém. Possuía sonhos de mudar a vida das pessoas a sua volta e trazer luz para a escuridão que as rodeava. Era tão boba ao ponto de acreditar que sem fazer nada tudo aconteceria num passe de mágica, ela queria tanta coisa e mesmo assim ficava parada vendo o sinal ficar vermelho, depois verde e amarelo.

A vida é de quem se arrisca, e pertence as pessoas que sabem que irão se machucar, mas que vão em frente assim mesmo. Ela já sofreu tanto com a perda de quem se dizia amigo, também sentiu intensamente a dor de quem lhe prometeu um casamento e dois filhos, porém logo se mostrou mentiroso e foi embora. Tinha que se preservar porque senão iria ficar sem nenhum pedaço para chamar de seu. Só que sua dureza de espirito não engava muito bem, vez em outra uma rachadura aparecia e então tudo desabava em lágrimas. Se escondia e a tristeza sempre a encontrava pelos becos escuros que abrigam os medrosos. Mas esperança ainda dizia ter, falava que tudo se consertaria em breve e que finalmente seu grande momento de felicidade aconteceria.

Pobre menina, ela se esqueceu de que tem coisas que Deus nos manda fazer enquanto outras Ele mesmo faz, porém o que é nosso nem mesmo Ele irá executar porque sabe que a batalha é parte do nosso amadurecimento tanto físico quanto emocional. Se levante, seus pés não estão machucados, seus olhos ainda conseguem ver ao longe, suas mãos tremem de expectativa e seu sorriso me diz que você sabe que se tiver um pouco mais de coragem irá ganhar o mundo para si. Vá lá e leve seu cheiro, sua voz, suas palpitações. A escuridão está aguardando sua luz para fugir e deixar aparecer aquilo que se escondeu por medo de tentar.

Não digo que será fácil sair da sua zona de conforto e ser aquilo que sempre quis ser, dá a cara ao tapa, receber algumas pedradas, tropeçar e cair no chão, ferir os braços enquanto caminha no meio dos espinhos. Mas Deus te trouxe a existência para levar ao mundo as palavras e atitudes que as pessoas precisam, você não é em vão, inútil ou sem sentido, você é tão certa quanto dois mais dois são quatro. Vai largando pela rua seus pequenos medos, vai jogando fora suas inseguranças, vamos pintar de azul o céu sobre sua cabeça que está tão cinza, vamos devolver o perfume as suas margaridas, você precisa sair da caverna, pois Alguém te chama, e sua voz é tão doce, tão mansa, Ele quer acalmar o que te assusta, te dar uma paz que ninguém pode tirar, fazer você dançar sobre a cama onde um dia chorou.

Vamos, moça, o Sol está brilhando aqui fora e ele quer aquecer sua pele enquanto você deixa o vento voar por seus cabelos. Ainda há dor, tristeza, sofrimento e loucura, não se espante ao ver alguém se arrastando na sarjeta, mas é para isso que você foi chamada e através de você que o amor se fará presente na obscuridade que machuca cada pessoa. Você é tão essencial que se continuar assim escondida, presa, fechada, calada, tudo em volta vai desmoronar, vai perder o brilho de vez, o que é sólido irá derreter e a tristeza não será mais passageira. Por favor, deixe de medo e se vista de coragem, apesar de todos precisarem de algo seu que apenas você pode fazer, não há outra pessoa que necessite mais do que você mesma.

 

Escrito por: Tatielle Katluryn
Autora do blog www.elajafoiverao.ga
Quer conversar sobre algo dito no texto? Entre em contato pelo blog acima.

Comentários

comentários

*Os comentários aqui feitos estarão sujeitos as regras do Facebook.

Encontrou erro em alguma publicação ou gostaria de fazer alguma sugestão para o nosso blog? Entre em contato conosco.