Ao amigo que se mudou

Você se afastou, e eu estou fingindo que isso é bom, quer dizer, eu não entendo por que você escolheu viver em outro lugar podendo ficar aqui e tomar um café da manhã reforçado comigo como sempre fazemos nos finais de semana. Mas eu te amo de qualquer maneira.

Tentamos manter contato… algumas vezes falhamos.

Fazemos encontros pelo Skype e a internet nunca ajuda, está sempre “caindo”, eu esqueço seu fuso horário e acabo estranhando receber mensagens suas no meio da noite, as chamadas também caem, nós deixamos pra lá e ficamos ocupados com mil coisas diferentes até que não nos falamos há meses. Mas quando voltamos a conversar, nada mudou, nós poderíamos passar horas e horas sem faltar nenhum assunto, não importa quanto tempo passe, nossas piadas continuam estranhas e inúteis como sempre, e ainda podemos rir até ficar difícil de respirar. Nós apenas nos deparamos com pequenos detalhes em nossas vidas e acabamos conversando por horas.
Nós dois temos outras vidas.

Vou tentar entender quando você postar fotos no Facebook almoçando com seus novos amigos, vou tentar entender que você ainda precisa almoçar mesmo quando eu não estou lá, e você deve saber que não importa quantos outros amigos eu tenha no perfil, nenhum deles irá substituí-lo, eu nunca encontrarei alguém com sua marca estranha e incrível.

Eu sei que nós dois mudaremos.

É estranho não estarmos no mesmo lugar, e ainda assim sermos os mesmos um para com o outro, nossa amizade não se rompeu, é mais estranho que ambos vamos continuar mudando sem o outro.

Eu sei que continuaremos amigos enquanto cada um de nós estivermos crescendo, não é só porque você foi vegan e se juntou a uma banda de ska, que isso não significa que você está me deixando para trás. Vou tentar lembrar os nomes de todas as pessoas em seu escritório para que você possa falar sobre elas, e você vai tentar me dar conselhos sobre prováveis parceiros românticos que você nunca conheceu.

Porque ainda estou aqui por você.

Eu te amo e não importa em que lugar estúpido você esteja, eu te amo mesmo se nos falarmos uma vez por ano, você ainda pode me ligar em uma crise, ou me contar uma grande novidade, ou mesmo apenas falar sobre como você finalmente começou a assistir uma maratona de Friends  (eu falo para você assistir á anos), mas seja o que for, eu sei que não importa quantas vezes você se mude, você estará lá para mim também.

Sempre contarei os dias para ter ver novamente. Não importa o quanto nós cansemos de nos comunicar, nada vai me impedir de te espremer com aquele abraço quando você finalmente estiver de volta na cidade, eu sempre ficarei delirantemente feliz em te ver. Eu sempre vou deixar meus outros amigos, alguns locais de lado, quando o assunto se tratar de você.

Então venha visitar logo.

De: Charlotte Ahlin
To the Friend Who Moved Away

Comentários

comentários

Eu não lamento por te deixar
Textos
0 shares3 views
Textos
0 shares3 views

Eu não lamento por te deixar

Alfredo Barbosa - jun 27, 2017

Assim como qualquer mulher jovem, tenho padrões, padrões muito elevados. Jamais me lamentei por isso, principalmente quando você pensa que…

Se você se sentir caindo aos pedaços, leia isso
Textos
0 shares2 views
Textos
0 shares2 views

Se você se sentir caindo aos pedaços, leia isso

Alfredo Barbosa - jun 27, 2017

Acredite, não que o mundo seja cruel ou esteja implicando com alguém, as pessoas que acham assim. Eu entendo, está deprimido, triste…

Sobre o amor nos dias de hoje: É mais fácil descartar do que reacender.
Textos
0 shares7 views
Textos
0 shares7 views

Sobre o amor nos dias de hoje: É mais fácil descartar do que reacender.

Thamilly Rozendo - jun 26, 2017

Recentemente o meu celular deu um problema e eu resolvi levá-lo a assistência. Depois de alguns dias tive o retorno…