Ah, moça, se você soubesse o quanto Deus te ama, não aceitaria qualquer coisa

Moça, se você soubesse o quanto Deus te ama, não mendigaria atenção, afeto e amor de quem diz amar, mas não age como se amasse. Você é preciosa e apesar de ainda não ter se dado conta disso, essa verdade nunca irá mudar.

Você é única, amada e muito bem cuidada. Você é filha Daquele que criou cada estrela e chama cada uma pela seu nome. Talvez, você ainda não tenha entendido o que isso significa. Moça, você é filha do Criador do universo, isso não faz o seu coração se sentir diferente? Você não é um erro, muito menos um acidente, você é a mais linda criação.

Pode ser que você esteja se perguntando: “Se eu sou filha, onde o meu Pai estava quando mais precisei?” Eu respondo, Ele estava ao seu lado. Quando você chorou escondida? Ele estava lá. Quando aquele rapaz machucou o seu coração? Ele estava lá. Quando você se sentiu sozinha? Ele também estava lá. É, talvez, você esteja se perguntando novamente: “Se Ele estava lá, por que não impediu a minha dor?” Eu respondo novamente, Ele não impediu porque a sua dor era resultado das suas próprias escolhas precipitadas.

Você precisa entender e sentir que não pode aceitar qualquer coisa, porque Ele não tem qualquer coisa para você, mas algo precioso e especial. Você pode ter errado, mas saiba que Ele sempre perdoa e acolhe um coração arrependido. Você é filha, e como filha será corrigida pelo Pai, mas corrigida com amor. Você não está sozinha, não foi abandona. O seu machucado? Ele cura. O seu passado? Ele deixa no passado.

Você é filha amada do Pai, é a menina dos olhos Dele. Embora você seja falha e não mereça, o amor Dele por você não vem e vai a cada momento, mas fica. Fica para sempre.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

Comentários desligados
Laureane Antunes

Colecionadora de sonhos, não importa o quanto pareçam bobos. Da minha fé, faço poesia, assim a eternizo em minhas palavras. Estou por aqui apenas de passagem, o Céu me aguarda. Autora e criadora do blog Alma com Flores.

2 Comentários

  1. ¡Ay, muchacha! Si supieras cuánto te ama Dios, no aceptarías cualquier cosa - Espiritualidad - Aleteia.org | Español

    16th jan 2017 - 13:37

    […] Por Proseando Poesia […]

  2. ¡Ay, muchacha! Si supieras cuánto te ama Dios, no aceptarías cualquier cosa | Noticias de Aleteia

    16th jan 2017 - 14:07

    […] Por Proseando Poesia […]

Comments are closed.

×